terça-feira, 15 de junho de 2010

Livros da Biblia : Números, deuteronômio e Josué



Continuando nosso pequeno estudo dos livros da Biblia...

NÚMEROS

Este livro se chama Números porque nele há duas contagens do povo: a primeira, feita quando os israelitas saíram do Egito (cap. 1); e a outra, feita quarenta anos mais tarde, antes de entrarem na terra de Canaã (cap. 26).

No período entre as duas contagens, os israelitas chegaram até Cades-Barnéia, no sul de Canaã, porém não conseguiram entrar por ali na Terra Prometida. Eles passaram muitos anos nessa região e depois foram até a zona montanhosa que fica a leste do rio Jordão. Uma parte do povo ficou ali, e a outra se preparou para atravessar o rio Jordão e entrar na Terra Prometida.

O livro de Números é a história de um povo que muitas vezes ficou desanimado e com medo diante das dificuldades e que se revoltou contra Deus e contra Moisés, o homem que Deus escolheu para ser o líder deles. É também a história da fidelidade de Deus, do seu cuidado constante para com o seu povo, que muitas vezes era fraco e desobediente. Este livro fala da firmeza de Moisés, que às vezes perdia a paciência, mas sempre mostrava ter um espírito de dedicação a Deus e ao seu povo.

Esboço:

Os israelitas se preparam para sair do monte Sinai - caps. 1-9
1. A primeira contagem do povo - caps. 1-4
2. Várias leis e regulamentos - caps. 5-8
3. A segunda Páscoa - cap. 9
Do monte Sinai até Moabe - caps. 10-21
O que aconteceu em Moabe - caps. 22-32
Resumo da viagem do Egito até Moabe - 33.1-49
Deus prepara o povo antes da travessia do rio Jordão - 33.50-36.13

DEUTERONÔMIO

No livro de Deuteronômio estão os discursos que Moisés fez quando o povo de Israel estava na terra de Moabe, a leste do rio Jordão. Depois de terem caminhado quarenta anos pelo deserto, os israelitas estavam prontos para atravessarem o Jordão e tomarem posse da terra de Canaã.

Nesses discursos Moisés faz o povo se lembrar do que Deus havia feito quarenta anos, como os havia livrado da escravidão do Egito e os havia levado pelo deserto para a Terra Prometida. Ele manda o povo obedecer a Deus e cumprir a sua parte do acordo que Deus havia feito com eles e avisa que serão castigados se forem desobedientes.

Moisés entrega novamente os dez mandamentos e fala da importância do primeiro mandamento, que ordena que o povo de Israel adore somente o Eterno, o Deus dos seus antepassados. Moisés também chama a atenção do povo para as outras leis e ordens que devem governar a vida dos israelitas. Finalmente Moisés escolhe Josué para ficar no seu lugar e, à ordem de Deus, sobe o monte Pisga, de onde vê a terra de Canaã, no outro lado do rio Jordão. Ali no monte morre Moisés, o maior de todos os profetas de Israel.

Acima de tudo o livro de Deuteronômio mostra o amor que Deus tem pelos israelitas. O Deus Eterno os escolheu para serem o seu povo. Portanto, eles devem amá-lo e obedecer aos seus mandamentos para que continuem a receber as bênçãos de Deus na terra onde vão morar.

A passagem-chave do livro se encontra em 6.4-6. Ali está o mandamento que chamou o mais importante de todos: "Amem o Eterno, o nosso Deus, com todo o coração, com toda a alma e com todas as forças."

Esboço:

O primeiro discurso de Moisés - 1.1-4.43
O segundo discurso de Moisés - 4.44-28.68
O terceiro discurso de Moisés - caps. 29-30
Os últimos conselhos de Moisés - caps. 31-32
A bênção de Moisés - cap. 33
A morte de Moisés - cap. 34

JOSUÉ

No livro de Josué, conta-se a história de como os israelitas invadiram a terra de Canaã e passaram a morar nela. A conquista de Canaã foi comandada por Josué, que ficou no lugar de Moisés como guia do povo de Deus.

Esboço:

A conquista de Canaã - caps. 1-12
A divisão da terra de Canaã - caps. 13-21
1. As terras a leste do Jordão - cap. 13
2. As terras a oeste do Jordão - caps. 14-19
3. As cidades para fugitivos - cap. 20
4. As cidades dos levitas - cap. 21
As tribos do Leste voltam para as suas terras - cap. 22
A despedida de Josué - caps. 23-24

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails